sexta-feira, 6 de novembro de 2015

Meme - 3 filmes:


Sobre isso eu falo pouco, mas tento me manter informada ao máximo. Confesso que tenho uma certa preguiça de assistir filmes, e não gosto de ir ao cinema. As pessoas que me conhecem à fundo não me convidam porque sabem que um: eu durmo ou dois: eu nunca me lembro do filme depois, daí gastar uma fortuna para eu dormir? Tenho muitas lembranças gostosas dos filmes que vi com Sobrinha Ratattoulie, mas fora isso, nem o primeiro filme que vi com meu ex quando era apaixonada por ele eu lembro. Ah sim, sei que era com o Leonardo di Caprio. Geralmente quando lembro algo ou é o ator a atriz ou a música. Porque sim, a minha escolha de filmes é baseada nisso: se tiver o ator ou a atriz X, eu assisto. Nunca leio nem a sinopse. Deve ser por isso mesmo que sou tão devagar né?  
Mas existem sim filmes que me marcaram, também não sou tão E.T assim e eles seguem abaixo com suas devidas explicações básicas do porquê me serem tão importantes. 




1) Sleepers - A Vingança Adormecida.
 O filme mexeu bastante comigo. O assisti aos 13 anos em uma época em que eu tinha um vício pesado em televisão, chegando a ficar muito mais de 9 horas em frente à ela, sem mesmo ir ao banheiro. Era insano. Em uma noite de sábado, bem tarde começo a assistir à este filme. Em determinadas cenas eu chorei tanto que soluçava intensamente e devo ter chorado muito depois do filme porque lembro que acordei com a cabeça doendo e os olhos muito inchados. Muito bom o filme, trilha sonora leve, porque é um tipo de filme que o que conta de fato são as atuações e o enredo e Brad Pitt neste filme, mesmo não sendo um filme top de bilheteria, para mim, mostrou que de fato não era um ator mediano. Assim, hoje ele é um dos atores que me leva à assistir um filme ou outro. Super recomendo esse. Quem não viu, veja. Vai gostar muito. 

2) Lado a Lado.
Já devo ter assistido umas 35 vezes, que eu tenha contado. Porque né? Susan Sarandon e Julia Roberts e uma história super comovente? claro que eu ia amar e amo muito este filme. Chorei muito em várias cenas e tem em sua trilha sonora uma de minhas músicas de vida: Ain´t no mountain high enough. Acho que quem gosta de filme, deve ter amado este.

3) Meu Malvado Favorito.
Hesitei muito em assistir este filme. Nunca soube o porquê, mas Deus até nisso é extremamente perfeito. No dia em que assisti ao filme, eu parei e pensei: não quero mais ser casada. Tá, mas o que tem a ver ser meu filme favorito, ou estar entre? Ali, vendo o Bru, percebi que eu precisava ser eu, independente do que pensassem de mim. Ele é um Malvado feliz, tem uma família linda e eu queria àquilo, não o que eu estava vivendo. A partir deste filme, meu coração se convenceu, 3 dias depois, em um show da Ivete, que sim, meu casamento estava no fim. 
Sou tão louca nos Minios que tenho um tatuado na coxa. E daqui a 30 anos, olharei e pensarei que decidi ser feliz sozinha! que perfeição!


Espero que tenham gostado.

Beijos e beijos.








Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. Me ajude a ser melhor!

Casamento Jeff e Carol - 21/04/2018

Se eu soubesse que 2018 seria tão emocionante e feliz, eu teria reclamado menos do pé na bunda que levei depois do Carnaval.  Pois é. Ass...