quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

06 meses

Hoje me dei conta que estou no MJ há 6 meses. Completei no sábado e como era dia de trabalhar, nem me atentei. Hoje, do nada, lembrei. Lembrei porque precisei usar o plano de saúde dentário. Lembrei que há muito tempo eu não sentia uma dor sem medo de ir ao médico, porque agora eu tenho um plano de saúde.  
Parece um motivo bobo, mas eu mudei de emprego, entre vários motivos, por isso. Essa segurança de se por acaso eu cair e quebrar um dedo, terei a quem recorrer, sem precisar me humilhar ao hospital público. E sempre que bate o medo de perder o emprego, bate o medo de precisar de novo de um hospital público desumano.
E o meu plano, eu sei, não é um dos mais tops, mas tem me servido muito bem e eu só posso agradecer a Deus, não só pelo plano, obviamente, mas pelo meu trabalho.
Estar aqui há 06 meses me dá uma sensação de que estou há 06 anos. O tempo por aqui passa um pouco mais lentamente, mas acho que é porque são as tais 08:48. São horas difíceis, muito mais pela minha insegurança. Já melhorei muito, já acesso ao sistema de processos sem calafrios noturnos. Mudei um pouco minha postura, estou mais calada. Aliás, por falar nisso vou contar um mico que paguei dia desses.
Entro na van para ir embora (sim, uma van nos deixa na rodoviária) e alguém comenta de um rapaz que está faltando. Começo a falar mal do rapaz, tendo em vista que o acho mau educado, pois ele não cumprimenta e não fala nada. Eis que alguém fala o nome dele e quem está na van? Ele. Lógico que eu morri de vergonha junto com outra pessoa que complementou minhas palavras. Até hoje morro de ódio da minha língua gigante e nem se ele me abraçar eu falo com ele.
Depois deste dia inclusive, que decidi me fechar um pouco mais, e olha que não fiz quase nada de amizades. Não no nível do qual me orgulho.
Aliás, ano novo, postura nova. Continuo refletindo sobre o fato de que eu preciso me policiar mais e me manter mais quieta. Tanto é que semana que vem divulgo um texto sobre mais uma decisão que tomei em minha vida, radical, eu sei, mas essencial.
Enfim. É isso. 06 meses de uma nova vida do qual estou captando várias coisas bacanas e aprendendo muito. Como disse em algum texto, é como se fosse meu primeiro emprego com atitudes que adquiri ao longo destes últimos 06 anos na ANTAQ, mas acima de tudo, de reconhecimento da minha pequenez e da necessidade de ser sempre humilde e silenciosa.
Agradeço sempre a Deus por tudo e a quem me acompanha no blog, no face e me apoia de perto ou à distância.

P.S: o meu problema é bruxismo =) Mas estou melhorando!

Beijos e beijos!

10 anos. A pausa.

sexta-feira, 13 de abril de 2007 Novo blog...............aff Sério..........essas formalidades da informática me irritam. havia...