sexta-feira, 3 de março de 2017

Manual do bom casamento: Recepção

Na segunda e última etapa da série de dicas que resolvi dar para que um casamento ou um outro evento específico aconteça de forma mais bacana, vamos falar da recepção.
Geralmente ela acontece em outro local que não seja o da cerimônia. Mas também há os que aconteçam no mesmo local. Para o cerimonial ambas as formas demandam cuidado, atenção e carinho. 
Digo o mesmo para todos que estão ali presentes: fornecedores, família e convidados. Ninguém organiza um evento pensando: vou colocar o que há de pior qualidade no evento. Vou escolher a pior comida, a pior música, bebida quente... entendem a lógica? Então, antes de sair falando, pensem que foram meses e as vezes, anos de economia e planejamento para que o casamento saia perfeito. 
Infelizmente ele não sai perfeito. Mas podemos minimizar os erros se todos estiverem animados, dispostos e com o coração aberto.
As dicas serão para fornecedores, padrinhos, família e convidados.
Antes de começar gostaria de esclarecer que família é convidado também, então sempre sugiro: peguem leve.

- Pais 
Geralmente é reservada uma mesa para os pais, avós (quando tem) e noivos. É importante que vocês sentem nestes locais reservados, pelo menos até a acomodação total de todos os convidados. Claro que você quer circular pela festa, mas é bom que pelo menos tenha uma pessoa ali na mesa. E na hora da entrada dos noivos é muito importante que vocês estejam nela, pois facilita para o cerimonial chamá-los para as fotos oficiais;
Nas fotos oficiais, voltar para a mesa somente quando o Cerimonial disser ok estão liberados. O protocolo exige muitas fotos: dos pais com os noivos, noivo com os pais, noiva com os pais, noiva só com a mãe e por aí vai.

- Padrinhos
Nem sempre é possível reserva local para todos. No caso de irmãos dos noivos, é sempre mais bacana tentar ficar próximo a mesa dos pais, facilita muito para a chamada das fotos oficiais;
Padrinhos não esqueçam de permanecer com a flor da lapela;
Nas fotos protocolares, ter um pouco de paciência. O roteiro é cheio de detalhes: foto da noiva com os padrinhos, do noivo com as madrinhas, do noivo com os padrinhos, da noiva com as madrinhas e por aí vai. É preciso calma neste momento. Não se preocupem que depois de tudo isso vocês estão liberados para a farra;
No caso de padrinho que sejam irmãos dos noivos, tirar as fotos com os noivos como irmãos, depois voltar para as fotos como padrinhos. No caso de primeiro ser foto como padrinho, permanecer perto dos pais para as fotos como irmãos dos noivos. Geralmente tem foto só dos irmãos com os noivos, sem pai ou mãe, da irmã com a noiva, irmão com o noivo e por aí vai;

- Convidados
Cheguem ao local da festa, acomodem-se e ambientem-se. Tenham calma. A comida e a bebida serão servidos. Com certeza. Não precisa apavorar achando que não terá nada para comer. Se por acaso sentirem que os garçons não estão passando, aí sim, chamem alguém do cerimonial e reclamem. O cerimonial monta um roteiro com hora para tudo: tempo de coquetel voltante, hora do jantar, hora de servir o bolo;
Se você é tio, primo de segundo grau, ou até de primeiro e não tem mesa reservada para você, não crie caso. Lembrem-se que em muitos casos só há um mesa reservada, quando muito 02 ou 03. Sintam-se à vontade para sentar em qualquer lugar. No caso de não dar para todos sentarem juntos, sugiro sentar em outro local. Pelo menos até a hora do jantar vocês ficarão sentados e é até bom para socializar, até porque o casamento é bom para isso também. Quantas pessoas não se conhecem, são da mesma família e ali acabam criando laços eternos?. Quando abrir a pista de dança, pode ter certeza que você nem vai lembrar onde sentou;
Saibam que fotos protocolares são para os pais, avós, padrinhos, damas e pajens. Se por acaso os noivos quiserem pedir fotos com os 350 tios, nós do Cerimonial iremos chamar. Aguarde esse momento terminar e aí chegue nos noivos e pergunte se pode tirar foto ali. Se não aguardem informações: ou os noivos irão passar de mesa em mesa, o que é mais comum, ou irão cumprimentar na pista de dança. Em ambos os casos, o fotografo que custou os dois rins dos noivos, estarão lá para ter esse registro importante, não se preocupe;
Aquele kit toilet é dos noivos. Então utilizem os itens que lá estão e deixem o kit lá. Nada pior para o cerimonial do que chegar para recolher e ele ter desaparecido. O mesmo acontece com os porta-retratos e os itens de decoração.Não levar itens da decoração, muito menos os enfeites da mesa. Esses itens são da decoradora, e em muitos casos custa caríssimo. Quando muito é possível levar somente o arranjo de flores, que geralmente, infelizmente vão para o lixo. Mas nada de levar as peças. Em caso de algo poder ser levado, vocês serão avisados;
Guardanapo não é porta doce. Eles ou pertencem ao salão, ou foram alugados pela noiva. Cada um que vira sacolinha de doce, custa aos noivos mais ou menos 10 reais. Então de cara não invadam a mesa dos doces como se fosse dia de São Cosme e Damião. E nunca peguem docinho antes da hora para fazer isso. Para as fotos protocolares a mesa precisa estar completa e não com aquela forminha de doce caída ali no cantinho, dando a entender que alguém já passou por ali;
Na hora do buquê, nunca tenham em mão copo de vidro, nem nenhum copo. Imagina o perigo aquele monte de mulher se jogando pelo buquê com vários copos quebrados no chão. Ou com copos de plástico e bebida voando no cabelo da convidada. O mesmo acontece no caso do noivo jogar a caixa de whisky;
Bem casado não é bolo de padaria. Se não houver ninguém do cerimonial ali perto, não precisa aproveitar e pegar uns 10: para a mamãe, o papai e o filhinho que ficou em casa. A contagem é geralmente feita de um bem casado por pessoa presente;
Em caso de distribuição de havaiana, mantenham a calma. As vezes é dado um papel na entrada e daí só com ele que você pode pegar a sua. Nada de chegar lá e dizer: perdi o meu, ou não peguei. Espere todas as meninas que com os seus papeis peguem a sua e aguarde para ver se sobrou. No caso delas serem distribuídas na pista de dança, a mesma coisa, mantenham a calma. Sei que é radical, mas quem pegou pegou. Não dá para pirar porque não tem uma havaiana do casamento;
Não bebam como se não houvesse amanhã. E não precisa ir na cozinha no meio da festa pedir mais uma bebida. Lembrem-se da lei Seca e do alto custo que é ser flagrado dirigindo alcoolizado. Fora o estrago de um evento no caso de Deus me livre acontecer um acidente. Acaba com a vida dos noivos e com o momento mais especial da vida deles.

- Fornecedores
Estejam ali de coração. Nada de mau humor. Nada de discussão em frente aos convidados. Nada de fazer o que acha lindo, esquecendo que tem um roteiro e um cerimonial comandando aquilo tudo;
Costumo sugerir aos fornecedores que não escutem ao convidado quando ele vem por exemplo e pede música. Sério, não façam isso. Estão com alguma dúvida, chamem o cerimonial;
Galera da comida, todos nos fornecedores comemos e bebemos. Não queremos uma mesa de 08 lugares para sentar e comer com calma, mas queremos o mínimo de dignidade para comer. Eu particularmente só tive problema em um evento e que nem era casamento. Fora isso graças a Deus tenho meu intervalo, como com calma e faço o mesmo com a minha equipe. Nunca vi algo acontecer, mas é sempre bom reforçar;
Nunca em hipótese alguma paquere em evento.  Nem troque contato à vista de convidado. Tá amando? Ame depois do evento, longe de olhos e bocas de convidados e afins, isso pode dar muita "merda";
Estejam em equipe. Você é o DJ, um copo quebrou na pista de dança e você consegue pegar uma cadeira e colocar em cima dos cacos até que o Cerimonial veja e chame a limpeza? Faça isso. Você é do Cerimonial mas o buffet precisa organizar a contagem de algo, ajude. Não custa nada, facilita o trabalho e saímos contentes todos. E no horário; 
Fotografo, filmagem e cerimonial são os 03 itens do casamento que precisam estar alinhados. Nada de estrelismo, eu sei mais do que você, nada disso. Vamos todos cantar de coração e juntos para que tudo saia perfeito. 

A infinidade de coisas que podemos ser conversadas aqui chega me assusta. Sim, porque para mim isso aqui é quase um bate papo. E espero que tenham gostado das dicas, dos conselhos. Eu particularmente tenho dado muito menos mancadas depois que entendi o quão detalhado é um evento como este. Casamento é coisa seria e o casamento como celebração também. Gasta-se muito, estressa-se demais e é ao mesmo tempo para muitos noivos, motivo de aprendizado. Costumo dizer que é mais ou menos nos preparativos do casamento que os noivos terão ideia de como irão lidar, quando casados, com a vida à dois.
Agradeço de coração a cada casal que me ajudou a aprender, as empresas que compartilham conhecimento, me orientam e me dão a oportunidade de ver sonhos se realizando.
E caso queira casar e está com dúvida, não hesite em me perguntar. Sou uma Cerimonialista muito prática e ao mesmo tempo cheia de amor!

Beijos e beijos!

Manual do bom casamento: Cerimônia

E como combinado aqui estou eu falando sobre algo que somente há 03 anos entrou em minha vida por acaso e nunca imaginei que estaria aqui hoje falando sobre isso.
O fato é que ser Cerimonial acima de tudo é ser livre de certas opiniões. Trabalhar em cerimônia sem distinção de religião adequando os sonhos dos noivos aos protocolos, juntar música, foto e filmagem em um objetivo: ver os noivos felizes. 
Algumas questões porém precisam ser avaliadas. Primeiro de tudo algo que eu peço muito a Deus é que convidado aprenda a ser convidado. E é por isso que resolvi fazer este breve manual, mesmo claro sabendo, que estou a mil anos de ser a Cerimonialista perfeita. 
Parto do ponto que quando os noivos contratam um Cerimonial supõe-se que o mesmo saiba trabalhar com isso. Não posso esquecer por exemplo de uma cerimônia em que fui madrinha onde a Cerimonialista  estava em qualquer lugar, menos no altar, o que me levou lindamente, em um vestido bapho e super maquiada a conduzir a cerimônia até o final, já que a peça rara apareceu na hora das fotos no altar. 
Quem está ali na frente geralmente fez um curso e geralmente faz isso há anos. Então não adianta no meio da cerimônia vir ensinar como trabalhar.
O convidado precisa entender que ele chegou ali para o momento. Este momento vem sendo preparado a quase 8 mãos ao longo de quase um ano: a noiva, o noivo, a mãe da noiva e a cerimonialista. Imagina que tudo foi planejado detalhe por detalhe e vem alguém que não sabe os rumos do evento e se mete. 
Outra coisa, em 90% dos casos somente os noivos e a cerimonialista sabem o que vai acontecer. O que sugere que nem as mães sabem de algo. Já vi casamento assim e deu tudo certo. 
Então quando chega o momento de começar a cerimônia, a maioria já está envolvida com evento ao ponto de saber até o quanto a noiva irá chorar. E pasmem: o cerimonial chega para a montagem do evento, ou seja, na hora da cerimônia, mesmo a pessoa sendo poderosa, ela estará já um pouco cansada. São mais de 15 horas de trabalho, e ali neste momento, nada pode dar errado. A Cerimônia, mais do que a festa, não tem como mudar. E é por isso que temos (e aqui o pedido é por todos os cerimonialistas) alguns breves pedidos:

- Padrinhos: 
Cheguem no horário solicitado pelo cerimonial. Nem sempre dá para fazer ensaio, então é ali que será possível passar algumas orientações específicas;
Madrinhas usarem preto no altar somente se a noiva pedir;
Ao chegarem cumprimentem ao noivo mas procurem ao Cerimonial em seguida. Nem todo cerimonial é amigo dos noivos ao ponto de conhecer todos os casais de padrinhos. E no caso de mais de 5 casais certeza que a cabeça dá um nó;
Padrinhos que usarem a flor de lapela muito cuidado com ela. As vezes não tem outra, porque agora elas podem ser cobradas. E não a retirem até que na recepção sejam feitas as fotos protocolares;
Saibam de quem vocês são padrinhos. O cerimonial tem os nomes e sabe onde cada um sentará, mas é sempre mais legal quando você já sabe de quem será o padrinho. Lembrando que padrinhos do noivo lado direito, da noiva, lado esquerdo;
No ensaio antes da cerimônia prestem atenção aos recados dados pelo cerimonial e as orientações. Geralmente ao final da celebração os padrinhos precisam jogar arroz, acender sparkles. Estejam preparados para ficarem bonitos na fotos;
Não masque chiclete e desligue ao celular;
Se chegarem atrasados estejam preparados para não entrar. Algumas igrejas não permitem a entrada dos padrinhos depois do cortejo. E essa situação é feita uma vez, não tem como voltar todo os cortejo. Vocês não irão aparecer na foto ao entrar e fica estranho principalmente se tiver filmagem. O cerimonial geralmente é orientado até pelos noivos: atrasou, começa como der. E depois tira foto apenas na recepção. Não se chateie, mas é questão de lógica e preço, já que atraso gera multa para os noivos.

- Mães e irmãs
A questão de horário é a mesma. Já trabalhei em casamento que a mãe do noivo atrasou 40 minutos. Em outro, a irmã da noiva estava com a mãe. A noiva não tinha pai e entraria com ela. Se somente a irmã estivesse atrasada eu teria começado na hora, mas não poderia jamais deixar a noiva entrar sozinha porque esse não era o desejo dela;
Não se preocupem com o véu da noiva, com o buquê, com nada disso. O Cerimonial está preparado para cuidar de tudo isso. Tente relaxar e aproveitar àqueles últimos minutos de sua filha e filho solteiros;
As fotos no altar estão relacionados em um roteiro preparado carinhosamente pelo cerimonial com os noivos. Se o cerimonial não chamar os irmãos e família é porque essas fotos serão feitas em um outro momento. 


- Convidados:
Com relação ao horário nem precisa esclarecer né?;
Roupa branca é o vestido da noiva. Convidadas, muito cuidado;
O lado direito é do noivo e esquerdo da noiva, mas não se preocupem com isso ao chegar para a Cerimônia. Lembrem-se que casamento é união de duas famílias e que no fim das contas não tem isso de convidado do noivo, convidado da noiva; 
Verifiquem se há espaço reservado. Se não encontrarem alguma identificação de reserva, geralmente os dois ou três primeiros bancos tanto de um lado quanto de outro serão utilizados pelos padrinhos;
Sei que todos querem muito tirar fotos. Se posicionam ali perto da passarela já para tirar 1500 fotos. Só que há um fotografo e uma filmagem. Esses dois itens são uns dos mais caros em um casamento. Então se você colocar o seu celular bem no centro, na hora mais especial que é a entrada da noiva, você acabou de estragar o álbum. Foto e filmagem em um evento não é algo que você congela no tempo. Se algo der errado não tem como voltar. Se você quer muito as fotos, espere quando os noivos forem cumprimentá-los na mesa, ou na pista de dança. Aproveitem este momento para um prece aos noivos;
Ao chegar ao local da cerimônia, seja na Igreja ou não, verifique se é um tapete beige, ou qualquer cor mais clara que está no caminho até ao altar. E há também passarela de espelhos. Esse local não é para convidado passar. Nem de um lado para o outro. Seus sapatos sujos irão deixar tudo com um aspecto de? Sujo. E a noiva irá passar com seu vestido magnífico e provavelmente com seu véu de rainha. E o cerimonial muitas vezes não consegue limpar antes disso e aí, já era;
Você pode não ser daquela religião, mas respeite. Não fique conversando, desligue ou coloque no silencioso o seu celular. Se a criança está dando trabalho vá dar um passeio com ela, mas não atrapalhe a cerimônia;
Você pode estar louco de fome e sede, ser amigo dos noivos, querer pegar um bom lugar. Mas nunca saia antes da cerimônia acabar. A não ser que aconteça algum emergência ou você vá passar em algum lugar antes. Mas certifique-se de que não chegará lá antes de todos. Claro que alguém terá que chegar primeiro, mas não tem nada pior do que chegar mais de meia hora antes dos convidados gerais;
E vá a cerimônia. Se não for para lá, não precisa ir a recepção. Salvo por algum motivo extraordinário, tipo doença, alguma dor de barriga, de cabeça, criança que chorou mais do que o necessário, trabalho... Aí não deu tempo, mas deu tudo certo e você quer ir à recepção. ok. Mas fora isso vou te contar um segredo: os noivos sempre sabem quem foi ou não à cerimônia. 




Não fiz este texto, nem escrevi sobre a recepção me achando. Quero que isso fique muito claro. Mas eu fiz um curso e no meio do curso fui chamada para fazer eventos. Sei também que posso escrever um livro com meus micos e erros absurdos em um casamento, mas de uma coisa eu sei: eu não saio de casa para fazer nada errado. Nunca saí de casa nestes últimos anos sem vontade de trabalhar. Entendo o quanto existe de dedicação, empenho, carinho para que este dia seja perfeito. Se eu que estou sendo paga posso agir assim, porque você que é padrinho, que é um convite espetacular, ou convidado, que é também um convite especial, não podem se comportar com respeito e calma? Todo convidado precisa ser observador e não agir como se estivesse na Feira de Santana. 
Espero ter ajudado. O próximo texto é sobre a recepção, que tem também muitos detalhes que precisam ser observados. 

Beijos e beijos!

Manual do bom casamento

Não sou A Cerimonialista. Todos sabemos. Mas são 03 anos nessa vida totalmente maluca de casamentos. Pelas minhas contas eu já trabalhei em mais de 70 e destes, 15 eu coordenei. São anos em que eu não fui perfeita, nem trabalhando, nem coordenando. Ganhei muitas amigas noivas, mas me tornei família apenas de duas. Dos casamentos em que ajudei lembro raramente os nomes, mas tem detalhes que não serão esquecidos nunca.
Em muitos casamentos que eu trabalhei e coordenei os problemas são quase sempre os mesmos e estão relacionados geralmente àquele começo da recepção no que diz respeito às mesas e acomodação. Sempre acontecem problemas com as fotos. Não existe evento perfeito. O que existe é um bom Cerimonial segurando os problemas ali nos bastidores, tentando resolver tudo com educação, paciência e uma boa dose de bom humor.
Decidi então fazer dois posts com algumas dicas bem legais de comportamento em casamentos e outros eventos.  E irei dividir em duas partes para não tornar tudo muito pesado. Espero que gostem. O meu objetivo é de um dia quem sabe porém, abrir uma empresa bacana e que ofereça, assim como todas as empresas de Brasília, um serviço de qualidade e apaixonado. 



Beijos e beijos!

Casamento Jeff e Carol - 21/04/2018

Se eu soubesse que 2018 seria tão emocionante e feliz, eu teria reclamado menos do pé na bunda que levei depois do Carnaval.  Pois é. Ass...