quinta-feira, 22 de novembro de 2007

PF já prendeu 11 pessoas ligadas a Beira-Mar
Filho do traficante não foi preso, mas acompanhou um dos acusados até delegacia em MS. Mulher de Beira-A Superintendência da Polícia Federal de Brasília informou na manhã desta quinta-feira (22) que 11 pessoas foram presas durante a operação Fênix, realizada nos estados do Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná e Mato Grosso do Sul. Entre os presos, está Jaqueline Alcântara de Morais, mulher do traficante, encontrada com US$ 200 mil.

Ao todo, foram cumpridos 13 mandados de prisão, sendo que duas pessoas já estavam presas, entre elas, o próprio traficante.
A operação Fênix tem como objetivo coibir a ação de uma quadrilha de traficantes supostamente comandada por Fernandinho Beira-Mar de dentro do Presídio Federal de Campo Grande (MS).
Segundo a assessoria da Superintendência, a operação visa cumprir 35 mandados de busca e apreensão e 24 mandados de prisão. Os mandados foram expedidos pela 2ª Vara Federal Criminal de Curitiba (PR), especializada em crime organizado e lavagem de dinheiro.

Filho de Beira-Mar foi para a delegacia
A assessoria informou que cinco pessoas foram presas no Mato Grosso do Sul. Uma delas seria o cunhado de Beira-Mar e estava acompanhada do filho do traficante.

Apesar de não ter mandado de prisão contra ele, o filho de Beira-Mar quis acompanhar um dos acusados até a delegacia.
De acordo com a assessoria, dois mandados de prisão cumpridos no Mato Grosso do Sul eram do próprio Beira-Mar e de outro homem, que estão presos no Presídio Federal de Campo Grande. A assessoria da PF não soube informar o número de pessoas presas nos outros estados. A operação prossegue nesta quinta-feira.

Mulher de traficante já foi presa
A mulher de Beira-Mar, Jaqueline Alcântara de Morais, que é advogada, foi presa em sua casa, em Jacarepaguá, Zona Oeste do Rio, com US$ 200 mil. Segundo a polícia, há indícios de lavagem de dinheiro. As informações foram confirmadas pelo delegado da PF, Victor Carvalho.
Segundo a Polícia Federal, em um ano e meio de investigações, ficou comprovado que Beira-Mar, mesmo estando preso, detinha o controle das quadrilhas e dava ordens a seus advogados e parentes, com envolvimento em crimes de tráfico internacional de drogas, associação para o tráfico, lavagem de dinheiro, homicídio e tráfico de armas, entre outrosMar foi presa nesta quinta-feira (22) com US$ 200 mil.
Acho ele um babaca, mas todo mundo sabe o quanto ele é esperto, e com a ajuda da polícia sobrevive muito bem na cadeia, bem como, com certeza continua comandando o tráfico da onde está. Isso é o mais inteligente da parte dele e o que mais me envergonha é saber que ninguém consegue deter nem ao Beira-Mar, nem a ningum desses bandidos fds, porque é isso que constroi o nosso país: a corrupção e afins!

Boca calada não entra mosca!

Existem momentos em nossa vida onde o melhor é realmente ficar calada.

Um amigo meu está namorando. Comecei a perguntar como ela era e tal. Curiosidade, afinal eu nunca vejo ele falando que está namorando.
Em determinado momento da conversa, eu comentei que é bom quando a gente tem alguém fixo, e que eu particularmente estou cansada dos caras que se aproximam tirando proveito.
E ele soltou uma pérola: " cada pessoa colhe o que planta...".
Tudo bem que ele tem total razão, mas me conhecendo como ele conhece me falar isso não é lá um boa opção.
Não, porque quem me conhece sabe da minha frustração por só namorar os caras errados, por só dar murro em ponta de faca, por me dar mal em namoro, paqueras e afins.
E sabe o quanto me culpo por isso. Sempre acho que sou eu a errada da história. Eu sempre acho que estou colhendo o que plantei, sem saber ao certo o que de errado fiz de verdade para pagar assim, só me relacionando para sofrer.
Fiquei chateada é óbvio, ainda mais estadno fragilizada como estou.
Mas se ele está feliz, que bom. Tomara que ele esteja plantando coisas boas, para não precisar colher nada de ruim no futuro!.
E eu.Bem devo somente me calar. Sempre!

Retrospectiva 2018 - Este ano vai ter sim!!!

Ao contrário do ano passado que eu não estava escrevendo devido à uma promessa, este ano eu resolvi fazer retrospectiva sim. E vai ter lamú...