quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

Frustração.

Passei algumas semanas planejando uma conversa muito importante. Pelo menos para mim, é algo que ja está me sufocando.
Mas aí, hoje, descobri que não seria possível. A sensação de impotência foi imediata. Quase chorei.
Chegando em casa, eu percebi que só Deus mesmo toma esse tipo de decisão. Não estava sob minha jurisdição espiritual a definição do que de bom ou não poderia acontecer hoje, caso houvesse essa conversa. De repente, amanhã ou depois será melhor. Só Ele sabe, não é mesmo?.
Tive um dia tranquilo. Continuo lendo meu livrinho bacana e trabalhando muito. Acho que assim, não vejo o tempo passar, ou ao menos quando percebo, meu coração já párou de ficar angustiado.
O melhor de tudo isso, é chegar em casa, ver meu amor todo carinhoso fazendo lanchinho e Abigail toda carente, depois de passar um dia inteiro sozinha. Estar em nosso próprio lar, é indescritível.

08 de setembro de 2008

Este ano de 2018 eu comemoro além da minha formatura, a minha saída de casa, há também 10 anos.  Me formei no dia 26 de agosto e no mesmo...