segunda-feira, 26 de outubro de 2009


Me sinto melhor agora. Tive uma tarde estranha,depois que almoçei e comi uma paçoca.
Vim para casa com uma sensação de cheia. Febre. Descobri que é a infecção urinária querendo me derrubar,
Quase conseguiu, mas agora me sinto melhor e aliviada.
Almoçei com duas colegas da faculdade que eu amo e admiro. Uma delas está grávida e adorei ver o tanto que ela está uma grávida feliz e linda.
Adorei também, rever minha outra colega, sempre tão irreverente e feliz e cheia de planos.
Adoro dividir momentos assim com pessoas lindas.
Na sexta fui a um show de um instrumentista que toca com copos. Sim, a companhia foi adorável e eu me diverti de montão.
No sábado aula pela manhã e descanso até domingo de manhã.
No domingo prestigiei meu sobrinho em uma luta de tae kan do e almoçei com rimã amiga linda.
Vi o super maravilhoso jogo do fla, bebi muito e tomei um caldo daqueles bem deliciosos.
Foi um fim de semana muito legal, tranquilo e sereno.
Hoje é feriado na Capital, feriado pelos funcionários (dedicados) públicos. Chefe mandou eu ficar em casa e eu fiquei, descansei e papariquei amigos pela internet.
Me preparo para ver minha novela preferida e ter (espero) uma maravilhosa noite de sono.
Um beijo!

Me leva daqui.
Me tira essa dor, essa mistura de melanina falsificada.
E essa dor criada pela boneca de pano da infância.
Os dedos estão corroídos.
Eu escuto o barulho do avião e choro.
Lágrimas cristalizadas, descafeínadas, melindrosa a menina cor de rosa.
Ela vibra com piques de escuridão e brilhos de arco íris noturno.
Ela toma colheres de anil, e se esconde sobre o vão da porta da cozinha.
Me leva daqui. Venha até aqui.

Fotinha do avião by Luis Rosa



Estou lá. Na solidão de minha inquietude, de meus mistérios.
Olho para todos os lados e me sento em cadeiras douradas. E continuo me perseguindo em tensões abstratas.
Não bebo, não como, não vivo.
Me delicio com o ar, com as nuves cobertas de seda francesa.
E continuo ali sentada durante horas, esperando que a paz ou qualquer outro sentimento tomem conta de mim. Coisas legais né?.
Quem não quer viver algo legal?.
Quem não quer acordar coberto de doces e beijos?.
Quem não quer acordar acreditando nas cores vermelho, azul, preto e branco?.
Quem poderia deixar de sonhar com novos encantos?
Eu continuo sentada.
Entre eternidades e segundos.



Photo by Rattus

Semana 01 de 2018 - Insegurança

E chegamos finalmente em 2018. Meu réveillon foi muito bom. Tive uma crise interna quando cheguei na festa, meio que me achei feia (sim, é ...