sexta-feira, 6 de novembro de 2015

Meme - 3 dias especiais

Gente, vi isso há uns tempos onde? No blog Teia de Renda, blog que eu viciei em doses absurdas. Uma linda a autora dele. Só que eu irei dividir os tópicos em vários posts para não fica cansativo ok? E não usarei 5 itens como no original, mas apenas os top 3 de cada coisa para não cansar muito. Espero que curtam. 

Começo hoje com os 3 dias mais especiais em minha vida e olha que é complicado né? São 31 anos de vida e muitas lembranças muito gostosas e importantes. Daí que passei vários dias pensando em tudo que irei listar aqui porque são textos importantes, principalmente para as pessoas que estão chegando agora em minha vida.

3 dias especiais:


05/12/1991 - Nascimento da Sobrinha Ratattoulie - um dia muito legal. Não lembro muito bem como foi todo o acontecimento do parto, até porque sendo criança não me atentaria mesmo, mas lembro dela chegando lá em casa 2 dias depois parecendo um pacote de cheetos e com seus cabelos de Pedrita, só faltando o osso na cabeça. Bochechas vermelhas. A farra lá em casa começou cedo e pasmem: terminou quase de madrugada. Ela foi um acontecimento especial em nossas vidas e para mim pessoalmente porque ela é como uma filha para mim, devido ao fato de que eu não posso ter filhos. Sou completamente apaixonada nela e agora em seu filho e a vida certamente é muito mais feliz e colorida desde esta data. 

26/05/1999 - dia em que saí de Moscou rumo à Londres onde ficamos alguns dias antes de voltar ao Brasil. Essa data é importante para mim porque foi de fato quando tudo mudou e me mudou por dentro. Eu não queria ter voltado de Moscou e por mim estaria lá até hoje. Mas eu tinha apenas 15 anos e óbvio que meus pais não me largariam lá iludida, como eles afirmavam. Lembro como se fosse hoje minhas lágrimas ao entrar no avião. Eu estava feliz, claro, voltar ao Brasil e reencontrar a família que eu não via há 4 anos e ainda de presente de aniversário de 15 anos conhecer Londres, que até o momento era minha paixão. Mas eu estava deixando para trás, 4 anos muito felizes, meus amigos mais importantes da vida, porque nessa idade tudo ganha uma proporção magnífica né? Sejam os momentos felizes, sejam os tristes e para mim essa data foi um misto de muitos sentimentos e tudo o que eu queria era que nada desse errado a partir daquele momento. Mas um monte de coisa deu errado e a vida seguiu. E sou muito grata por tudo.

18/02/2015 - dia da entrevista sobre o Itamaraty para o Bom dia DF e sua reportagem sobre os 55 anos de Brasília.
quando me chamaram para falar do Itamaraty não fiquei surpresa tanto assim. Quando me inscrevi sabia que o tema iria chamar a atenção. Mas ao mesmo tempo fique surpresa sim e me emocionei. Sempre quis ser jornalista e sei que tenho essa coisa toda no sangue, então o dia da gravação foi muito legal, divertido, um sonho que se realizava de forma leve e despretensiosa. Chovia, mas em meu coração eu estava tão feliz que o sol brilhava, os pássaros cantavam e eu não queria que o dia terminasse. Quando me vi ali na reportagem chorei muito. Decidi ali que nem que eu realize meu sonho de ser jornalista aos 80 anos, mas que eu não deixaria de viver outras vezes o sentimento que vivi ali em frente às câmaras. Foi muito, mas muito legal mesmo. Sou tão grata ao Bom Dia Df e à equipe que me acompanhou que sempre falo com eles pelo whats e claro, espero um dia estar ali. Vai quê! né?



O próximo será 3 dias para esquecer. Já dá para imaginar como foi difícil cada escolha né? 

Beijos e beijos.








Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. Me ajude a ser melhor!

Casamento Jeff e Carol - 21/04/2018

Se eu soubesse que 2018 seria tão emocionante e feliz, eu teria reclamado menos do pé na bunda que levei depois do Carnaval.  Pois é. Ass...