sexta-feira, 2 de janeiro de 2015

Quarto de bebê! (meninas)


Escolhi para este tema, quartos que à primeira vista chocam pela falta de rosa. Mas é porque além de não curtir o tom rosado, sou contra essa definição mundial de que azul é para menino e rosa para menina. Acho isso passado e sem graça. E detesto o comentário de que ah o bom de ter menina é que podemos brincar de boneca com elas (no sentido de que a bebê será a boneca). Mas por que os meninos não? Por que só menina é enfeitada e homem não? Reflitam!
Mas vamos ao que interessa? Quarto para meninas pequeninas.


O que eu amo em qualquer decoração é simplicidade. No caso de bebês, eu sou mais dura. Porque a criança demora um pouco para entender essa importância dada à decoração. Filho meu será desapegado, com certeza. Porque no fim, não levamos nem o colchão desta vida para a outra. Amei este quarto pela leveza. E o tapete de bolinha? Fofo demais!

Orange  Mint Nursery with Babyletto Hudson 3-in-1 Convertible Crib


Ainda no tema simplicidade, amei este berço, esse quadro. Porque é sempre bom ter uma peça no quarto de deixe uma áurea de sentimento de crescimento. Esse tom de verde é perfeito.



Cute crib and wall hanging! The Sun has gone to bed & so must I...



Amo amarelo e eu com certeza devo ter uma peça, pelo menos, claro, em amarelo no quarto da filha. E é o que eu digo, o pouco sempre poder ser o mais.


LOVE this changing station! #baby #nursery



E para fechar com chave de ouro, este quarto que assustaria muita gente, mas que seria exatamente o escolhido por mim, independente do sexo do meu bebê, porque um dos meus objetivos é não saber o sexo, daí usaria madeira, tons mais escuros e alguma peça mais alegre que fosse lindo tanto para o caso de ser menino, como menina e este quarto define exatamente o que eu quero para mim e para meu baby lindo (ok, só sonhando mesmo e viajando).


changing table area


Sempre faço algumas sugestões adicionais e hoje a sugestão é: não precisa necessariamente comprar moveis de bebê. Além do berço, todo o resto de móveis pode ser comprado de uma maneira normal, compondo a harmonia desejada. Porque o que não se pode esquecer nunca é que os bebês crescem e no lugar de gastar dinheiro comprando 2 guarda-roupas só para satisfazer o ego só porque ele cresceu, compre algo que ele vá usar por um bom período de tempo. De preferência até entrar na Universidade (eita que móvel bom em?) Se der para reaproveitar, reaproveite até o armário despencar. Enquanto isso se não der, não se descabele ok mamãe?






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. Me ajude a ser melhor!

Casamento Jeff e Carol - 21/04/2018

Se eu soubesse que 2018 seria tão emocionante e feliz, eu teria reclamado menos do pé na bunda que levei depois do Carnaval.  Pois é. Ass...