quinta-feira, 2 de março de 2017

Março, meu mês

E lá vem o meus 33 anos. E para mim a vida segue muito esquisita. Sigo com medo, insegura, cheia de estrias, cansada, com insônia e solteira. 
E cansada do que sou hoje. Nada satisfeita com a Karla que em breve chegará numa idade importante. Tá, nem é tão importante assim né?
Mas tô chateada. Com a vida profissional porque provavelmente entro para as estatísticas que crescem cada dia mais do desemprego. A familiar, porque com a cirurgia da mamãe as coisas deram uma desingrolada. A social, porque se eu não saio estou errada, se saio gripo. E a amorosa, porque meu Deus, eu tenho cara de Professora Helena? Só menino de 23 anos me quer... E os mais velhos são mais quebrados do que eu, não conseguimos comer um dog na esquina lá de casa, ou tem mil filhos, ou ... ah eu ando tão irritada que no momento não consigo pensar em ninguém que eu queira de verdade. 
33 anos e eu moro de aluguel, não tenho um carro velho, tenho um diploma e uma pós que provavelmente não me ajudarão muito daqui para frente, vivo doente, com sono, triste, melindrosa e com uma preguiça absurda de planejar o próximo sorriso.
Ao mesmo tempo estou grata. Porque acredito que até estes momentos são importantes. Dizem que é uma fase pré - aniversário. Graças a Deus também tenho algumas almas caridosas que me suportam. 
Eu só peço a Deus que eu chegue no dia do meu aniversário com algum ânimo de pelo menos tomar uma coca. Festa eu não farei mesmo. Eu só quero sobreviver à esta tensão toda que me assombra. E que seja luz. Minha vida e a nossa.

Beijos e beijos. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. Me ajude a ser melhor!

10 anos. A pausa.

sexta-feira, 13 de abril de 2007 Novo blog...............aff Sério..........essas formalidades da informática me irritam. havia...