terça-feira, 22 de julho de 2014

Mais um baby na família.

Bem todo mundo já sabe que este ano me tornei Tia-Avó. Pois é. Já que não sou mãe é isso mesmo, ser Tia ou Tia-Avó é tão gostoso também e eu não abro mão deste cargo.
O fato é que quis o destino que a minha Sobrinha Ratattoulie, brincando de namorar, engravidasse também. Confesso que na hora quase engulo um pastel inteiro e que depois que recebi a notícia tomei duas cervejas em quatro goles. E chorei muito. Mesmo. Pelo susto, pelo medo, pelo amor que sinto por ela e pelo desejo infinito de que ela seja feliz.
O meu interior me disse que ela é louca. Engravidar tão nova? Como meu Deus? Ok, como eu sei, mas é de fato uma notícia que mexeu muito comigo e ainda mexe. 
Só que eu estou muito feliz. Porque ela está feliz. E sei que Deus não dá uma missão dessas sem ter certeza. Ele é muito sábio e percebeu que esse era o momento dela construir a família dela, crescendo, amadurecendo e conquistando seus sonhos. E minha missão é a de sempre: ajudar no que for preciso, deixando ela ter o espaço dela, vivendo este momento do jeito que ela achar correto.
Aprendi na marra que eu não posso viver a vida dela. Claro que como Tia absolutamente coruja, eu gostaria de colocá-la em um potinho e não queria jamais que ela chorasse, sofresse, caísse e se machucasse. Demorei um tempo para entender que ela sempre será minha Princesa, mas agora ela é a minha Princesa adulta, mulher e até admito que aprendi muito com ela nestes últimos anos, porque ela de fato se tornou um referencial para mim, mesmo sendo 8 anos mais nova.
Ratattoulie, eu te amo e estou muito feliz pelo seu baby, pelo seu sorriso de mãe, pela pessoa que você é, pelo amor que você sente pelo seu noivo. Obrigada por me deixar fazer parte de sua vida. Eu sei que nunca fui a melhor Tia. Sei que em muitos momentos, quando você era criança, eu perdi a paciência, mas independente de tudo, sempre te amei, sempre te amarei, sempre te apoiarei, sempre terei em minha vida espaço para que você confie em mim. Te admiro pela sua maneira leve de encarar a vida e você me inspira a ser uma pessoa melhor. Deus não meu deu filhos e muito provavelmente não me dará, mas isso não me entristece, porque eu tenho a você e agora o seu filho ou filha e saiba que estarei sempre aqui para te ajudar. Se precisar que eu ajude a cuidar, faço com o maior prazer do universo. Tenho certeza que você será uma ótima mãe. Seja apenas uma mulher sábia, escute seu coração e qualquer dúvida liga para o Pediatra. Ah e claro, escute os conselhos das avós e da Bisa, não os meus, porque a minha função será só estragar e passear no shopping. Se for menina então, já era.
Fica com Deus! Ah não esqueci do Senhor Paçoca. Certeza de que ele será um ótimo pai. E vocês serão uma linda e feliz família. 
Um beijo com um amor que não cabe no peito da sua Pequena Tia e agora Mini Tia-Avó.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. Me ajude a ser melhor!

10 anos. A pausa.

sexta-feira, 13 de abril de 2007 Novo blog...............aff Sério..........essas formalidades da informática me irritam. havia...