Estou aqui com marido, bebendo um prosseco, que aliás compramos para o casamento e nem o tomamos. Dia bom sabe?. Calor, visitamos a afilhada, papeamos e fizemos mil planos. É bom planejar né?. Sem medo. Ou com medo. Não importa. O que importa é o hoje. Mas e o amanhã?. Ah, não sei.
Continuo bebendo o prosseco e revendo fotos do casamento (as não oficiais), pensando que tudo passa tão rápido.  Há menos de um mês nos casamos e bem, daqui a pouco fazemos um ano que moramos na kiti.
Sim, tudo passa rápido demais e eu nem sei se quero que passe. Nem sei se quero planejar. Talvez queira apenas realizar tudo, de forma muito honesta.

E aí penso nas pessoas que não são felizes. Sim, porque ainda é possível que exista neste mundo pessoas que não sejam felizes e que sendo assim, não desejam a felicidade de ninguém. E existe a fome,  falta de fé, a pobreza de espírito, a falta de um sonho, ou a não realização de um sonho. E tantas coisas ruins na vida, que fico até assustada.
Mas continuo tentando terminar meu prosseco, antes que eu desmaie, ou derreta neste calor insuportável da Capital.
Sorte que amanhã. Sim. Amanhã será um dia bom para todos. Sendo felizes ou não. Tanto faz. Olhemos para frente. Assim quase tudo vale a pena.
Boa noite!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Quarto de bebê! (meninos)

Dica de beleza e saúde: Lactaid - Fast Act - O santo remédio

Decorando uma festa masculina