quinta-feira, 3 de junho de 2010

Post 2.200...Realização mais que pessoal!

Nem acredito que este é meu post 2.200...Até aqui quanta coisa eu já escrevi, meu Deus!
Adoro meu blog. Adoro escrever, registrar momentos com minhas próprias palavras e sentimentos mais verdadeiros.
Quantas pessoas o leem, não é definitivamente o que mais importa, e se é que o leem, mas eu continuo firme, transmitindo o que acho, o que desejo, meus sonhos, angústias e indefinições. E sigo feliz. Claro que meu ego fica inflado, quando encontro alguém que diz que leu tal texto, que acho bom, que eu tenho o dom. Sei que quem fala isso, não está sendo falso, porque eu admito que é para poucos a coragem de se expor em linhas. E eu faço isso, sei, com muita vontade e sem medo.
Muitas vezes eu quis desistir, abandonar, esquecer que um dia tive essa idéia de girico, incetivada pela Elenita, mas cara, hoje eu não consigo mais viver sem meu blog. Mesmo que esta ferramenta esteja ultrapassada, que o twitter e facebook estejam aí, eu continuo fiel ao meu rosinha, ao meu filho, meu blog.
E hoje, me sinto realizada com ele, e através dele, me inspiro em escrever meu livro, quem sabe daqui a uns dois ou três anos. Já tenho várias coisas além blog, desde os 5 ansso escrevo, mas oficialmente, desde os 12 eu venho escrevendo mais profissionalmente e aos 20, isso se tornou rotina. E quero muito ver uma publicação com meu nome, uma obra, que talvez não seja literária, mas que seja minha. Não pretendo mesmo fazer parte da Academia Brasileira de Letras, quero apenas conquistar corações e almas, vidas que se interessem e se vejam na minha, se encontrem e se amem, depois de ler minhas linhas carinhosamente elaboradas.
Obrigada, de coração, à todos que se dispoem de 10 ou 15 minutos para ler o que eu escrevi, e quem me incentiva a continuar.
Um beijo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. Me ajude a ser melhor!

10 anos. A pausa.

sexta-feira, 13 de abril de 2007 Novo blog...............aff Sério..........essas formalidades da informática me irritam. havia...