Há um ano, eu retomava o meu tratamento, e de lá para cá, eu já me ri renovada. Claro, que eu ainda preciso de muita terapia e carinho e paciência comigo, mas já vejo resultado.
E para me presentear, amigo terapeuta determinou, que eu devo imediatamente parar de beber.
Triste, mas, em sua sinceridade ele me conquista e prova que sou capaz de procurar e encontrar meu caminho mais sereno.
Estou feliz com minha lenta recuperação!.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Quarto de bebê! (meninos)

Dica de beleza e saúde: Lactaid - Fast Act - O santo remédio

Decorando uma festa masculina