quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

Os médicos de minha vida - parte 3

Tem meu terapeuta mais maluco de todos. Mas também fofo e preocupado.
Somos amigos e bem abertos. Ele se intitula feio e Shrek, o que segundo ele, facilita a relação com os pacientes. E ele é gordo, o que me dá um medo daqueles quando saio da consulta. Imagina, um gordo cuidando de pessoas com medo de engordar!. Surreal.
Até agora o lance mais importate, foi ele me dizendo: "eu e a religião não caminhamos juntos. Você precisa escolher. Sem pressa!". Estamos até hoje num impasse, mas no fundo nos entendemos e certamente, a melhor coisa em minha vida até hoje.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. Me ajude a ser melhor!

Quando é preciso acreditar em si

Há um ano eu conheceria uma pessoa que mudaria para sempre a relação que eu tenho comigo mesma. E que me fez entender o que é atravessar um...