terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

Ainda sobre o Carnaval - 10 observações pessoais sobre a folia mais legal do mundo!

Há uma semana eu viva a melhor semana da minha vida. Ainda sinto cada vibração, cada pedaço meu ainda se recompõe das caminhadas, do suor que insiste em cair naquele calor maravilhoso.
Que benção foi ter tido estes dias em minha vida. Ainda agradeço imensamente pela oportunidade. Resolvi fazer algumas observações sobre o que achei desta semana.

1) A cidade é um caos. Mas o metrô de Salvador dá de mil à zero no de Brasília. Me senti mega segura, tem um ar-condicionado potente e segurança circulando dentro do vagão o tempo inteiro. Peguei vazio porque era feriado e o povo vai pro Carnaval mais tarde e ainda era cedo, mas eu adorei. E super barato em relação ao nosso metrô que vai do nada para lugar nenhum. O de Salvador vai até ao Aeroporto.

2) Não comi muito lá, mas fui em dois restaurantes, que obviamente não lembro o nome. Mas no geral gostei do que comi. Se tem uma comida que é a minha cara no carnaval é Yakissoba. Como quase todos os dias no camarote e comi na rua também.

3) Achei a cidade suja e fiquei sabendo que é assim quase sempre. Uma pena que sejamos, sim me incluo nessa, porquinhos. Eu até que tentei não jogar nada na rua, mas como aqui lá não tem lixeira e o povo realmente faz sujeira.

4) Os camarotes no qual fui eu adorei. Tudo muito organizado, limpo, galera que sabe receber e cuidar. Torci meu pé no Camarote da Skol e fui muito bem atendida. No da Band, nem se fala. Galera mesmo trabalhando feito cão durante uma noite exaustiva não tirava o sorriso do rosto. 

5) Se você é uma mulher solteira e está achando que vai se dar bem em Salvador, no Carnaval e beijar na boca, um recado: o número de gays é muito, infinitamente maior do que de héteros. E não estou criticando aqui nada viu? Só uma observação pertinente. Definitivamente em Salvador não dá pata ter um amor de Carnaval. Recebi uma cantada oficial e uma meia boca porque o cara nem sabia onde estava. Então me senti super de boas, sem dramas e me senti muito respeitada.

6) Não achei os homens de Salvador muito bonitos não. Achei os Filhos de Gandhi bonitos. Tinha muito homem relativamente bonito, mas a maioria não era de Salvador não. As mulheres são práticas, acho que pelo calor, pela farra, são muito de boas, nada de maquiagem, elaboração não. A palavra em Salvador é não se estrague na folia, se acabe no conforto! hahah A maioria que usava salto por exemplo ou chegava direto pro Camarote ou pelo valor conseguia uma van pra acesso o mais próximo possível. De resto é tênis, sapatilha e o mais leve possível. 

7) Me diziam que o Aeroporto de Salvador era um caos, pois pasmem, achei ele muito melhor que o nosso. Foi uma surpresa enorme e deu até para comprar minha blusa da Bahia. Tento manter esta tradição em todas as cidades que visito e fui muito, mas muito bem atendida. Não senti este mesmo cuidado em Recife por exemplo.

8) Ganhei de presente na ida algumas horas na Sala Vip do Aeroporto de Brasília e gostei bastante. Se você tiver a oportunidade e nunca se atentou à isso te aconselho a tentar. Dá uma olhada aí no seu cartão de crédito e se der, se joga. Comi horrores e bebi pra caramba. Se tivesse dado tempo eu teria até tirado um cochilo.

9) Enquanto eu aguardava pra entrar na tão avassaladora pipoca do Nana, tomávamos cerveja de uma moça franzina. Perguntei se ela tinha filho e ela me contou que tinha levado a filha pra folia no dia anterior só pro Juizado levar a criança para um abrigo e assim ela poder trabalhar. Ela buscaria a criança na quarta de cinzas. Não me choquei não, achei inclusive muito esperto da parte dela, afinal ela precisava trabalhar não é? 

10) Caminhar em Salvador é para quem pode viu? Se você for e decidir correr na pipoca atrás do trio se prepare para mais ou menos 7 horas sendo amassado, exprimido, pisoteado, acotovelado. A dica é: Comprou Camarote, tente ir cedo, ande na avenida tranquilamente, chegue ao camarote com calma. Porque depois é muito doido. Não é para qualquer um. Eu particularmente andaria, mas como tínhamos camarote, achei por bem muito melhor aproveitar, até porque foi muito, muito caro tudo. Uber lá é uma fortuna. Por isso tente ficar o mais próximo do circuito possível e cuidado com os taxistas que infelizmente são extremamente olho grande. 

Eu adorei Salvador. De verdade. Tive a sorte logicamente de ter ido com pessoas que conheciam e que curtem Carnaval e de ter ficado na casa de um casal top, Felicia e Neto, que inclusive deveriam abrir uma pousada, porque estes sabem receber bem viu?  Quero voltar logo e absorver ainda mais toda a magia da cidade que ferve o ano inteiro. 

Beijos fofos! 




Um comentário:

  1. Que post mas lindo..vc eh que top,simpatia e uma fofa mesmo... foi um enorme prazer recebe-la ....ate o próximo viu...����☺ bjo cheio de saudades.....

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário. Me ajude a ser melhor!

A sua relação comigo é positiva ou negativa?

Ontem fiz a enquete de terça no insta para ter inspiração para o texto de hoje.  E a pergunta foi: A sua relação comigo é positiva ou neg...