quinta-feira, 23 de outubro de 2014

E a palestra foi um sucesso - reconhecimento




Sabe quando você quer desistir de tudo, mas aí recebe carinho de tantas pessoas e o coração volta a se alegrar?
Eu ando em uma fase muito estranha. Quero e não quero um monte de coisas, e do nada o que eu quero não quero mais e vice e versa. E aí um dia eu acordo cheia de amor para dar e no outro quero me isolar em meu canto, comendo (?) e lendo sem parar.
Esquisito demais isso viu? Fico chocada como essa inconstância pessoal é intensa e diária. 
O mesmo, graças a Deus, não levo para o meu lado profissional não. Neste ponto sei exatamente o que quero e estou cada dia mais feliz, tanto como Secretária, quanto como Professora e como Cerimonialista. São atividades que me completam, me complementam e me engrandecem todos os dias. 
No dia 01 de outubro palestrei em minha antiga faculdade e foi uma noite muito especial para mim. Poder dividir com colegas de profissão um pouco do que eu vivo no meu dia a dia e falar sobre a importância do idioma, seja inglês ou qualquer outro além do português, em nossa profissão e em nossa vida como um todo. Foi lindo e emocionante ver um auditório tão compenetrado e atencioso comigo. Eu embarguei a voz algumas vezes porque eu não acreditava que estava ali. Não imaginei jamais que essa pessoa que há alguns anos era tida como desastrada, preguiçosa e sem futuro, pudesse ter se transformado em tanta coisa bacana. Porque eu não posso também só ser humilde. Eu tenho que me reconhecer vitoriosa e eu tenho que acreditar em mim. E esse é o desafio da vida profissional: equilibrar a humildade com a fé pessoal sem tornar o ego uma prioridade. 
Como Secretária, eu tenho não só a obrigação de defender minhas escolhas, como acreditar nelas e ajudar ao próximo. E esta palestra teve este objetivo e eu tenho certeza de que muitos que lá estiveram, saíram refletindo principalmente em um ponto muito interessante até para mim: nós podemos ser o que quisermos, só precisamos de organização, dedicação e prioridade. 
E é nisso que eu atuo ao longo do meu dia, comigo e com o próximo. Não aguento e não me aguento reclamando pela falta de tempo. E para sermos qualquer coisa que quisermos, pessoalmente ou profissionalmente, precisamos abrir mão de detalhes que não agreguem nada e focar. Administrar o tempo de tal forma que não nos tornemos máquinas. É difícil? Sim. Mas eu provo que não é impossível (me divulguem aí gente!!!)
Bem, dito isto, gostaria de agradecer imensamente ao 7º semestre do curso de Secretariado Executivo da Upis pelo convite, em especial à Luzia, que havia sido convidada, mas que me indicou para a Mariana, que como uma das organizadoras do evento foi muito fofa e linda comigo, acreditou em mim desde o começo e para que este dia fosse um sucesso, isso foi primordial. Agradeço a cada pessoa que esteve presente e a cada um que não só depositou toda a energia positiva para que eu desse certo na vida, como ainda deposita . Eu sou quem sou e o que sou porque além de Deus tenho muitas pessoas com quem posso contar. Mesmo sendo apenas em orações, o que eu julgo o item mais lindo na vida inteira. E claro, muito obrigada pela Carta de Agradecimento recebida hoje, que me emocionou e me fez querer mais. 
E que a vida siga assim mesmo: um pouco confusa aqui ou ali, 
um pouco cheia de momentos intensos e tensos, mas com pequenas realizações como esta que dividi com vocês. 


Obrigada por tudo! 

Voltem sempre ao blog.

Beijos e beijos!



Um comentário:

Deixe seu comentário. Me ajude a ser melhor!

Casamento Jeff e Carol - 21/04/2018

Se eu soubesse que 2018 seria tão emocionante e feliz, eu teria reclamado menos do pé na bunda que levei depois do Carnaval.  Pois é. Ass...