quinta-feira, 9 de maio de 2013

Semana das mãe: o que eu aprendi com a minha mãe

 
Photo: Mbukushu mother and child crossing a river
 
Frases da Mamys Linda:
 
 
1) Aprenda a cuidar de uma casa, não para você ser só dona de casa, mas quando tiver a sua saber mandar.
 
Quando eu era pequena eu odiava essa coisa de limpar casa, lavar louça e arrumar cama. E eu faço tudo isso desde pequena mesmo. Lembro que para lavar a louça eu subia em um banquinho. Com o tempo ela começou a me ensinar a cozinhar. Não evoluí muito nesse quesito não, mas refletindo hoje, percebo que eu colho bons frutos destes ensinamentos porque eu não tenho empregada, mas é fato que nenhuma faxineira me passa a perna e com Marido cozinheiro nas horas vagas, entender um pouco de cozinha me ajuda a ajudá-lo de uma maneira mais organizada. E isso eu levo para todos os outros setores de minha vida.
 
2) É muito bom a gente ser bom.
 
Sempre que me encontro em dificuldade, Mamys me diz que eu sou uma boa pessoa, logo tudo ficará bem. Mas ela sempre me disse que não é porquê ela me considera uma pessoa boa, que as outras pensarão o mesmo e que é preciso sempre manter-se humilde. De uma forma geral, sempre tento focar nisso para não perder a fé. Sei que tive uma boa educação e que posso entrar em todos os ambientes sociais e consigo interagir com as pessoas e principalmente aprender com elas.
Tem uma fato que ocorreu em uma entrevista que realizei para trabalhar na Embaixada do Peru. Fiquei entre as 3 melhores e quando falei para Mamys ela disse: "você é boa, a vaga é sua". E foi. Há anos que quando sinto que vou cair, lembro que sim, eu sou boa.
 
3) Quando você tiver filhos, lembre-se que além de mãe você é um ser humano.
 
Minha mãe sempre foi uma mãe autêntica, cuidou dos filhos, da educação, acompanhou, educou mesmo, ainda que em muitos momentos com um peso à mais na mão, mas se tem algo que minha mãe nunca deixou foi sua vaidade e sua felicidade de lado. E eu sempre apoiei e admirei isso nela. Ela nunca foi ausente, relapsa, nada disso, mas continuou viajando, dançando, bebendo, se enfeitando e namorando o maridón. E ela ainda é assim. Ela é mãe, tia, avó, amiga, tudo ao mesmo tempo, mas ela é ela. Ela sempre diz: "quem quiser que me siga" e aí é sempre nós que ligamos para saber onde ela está. Ela não fica sentada no sofá esperando um filho visitá-la, ela vai e faz. E sempre muito bem arrumada, unhas pintadas e cabelo impecável. Ela sempre disse que filho é eterno, mas que eles crescem e vão cuidar de suas vidas, logo, ela não poderia jamais ter deixado de ser feliz ou só pensado na felicidade dos filhos.
 
E com estes 3 exemplos construindo minha vida. Talvez eu não venha a ser uma mãe como a minha mãe sempre foi, mas certeza de que pautarei a criação dos meus filhos com essas citações.
Com ela aprendi exatamente que é importante você entender do funcionamento de um lar, que é importante falar obirgada, pedir por favor e todas essas coisas que muita criança de hoje não sabe o que é. E que quando eu tiver meu meninos, eu não posso achar que sou super heroína não. Eu sou ser humano que ri, chora, passa mal, entra em crise. Não é colocar a sua felicidades à frente da dos seus filhos, mas não deixar de se cuidar, de se divertir e ficar só pensando nisso. Administrar a vida, sendo mãe com certeza é mais complicado, mas aprendi com a minha mãe que vale a pena.
 
O que eu de fato aprendi e agradeço a Deus, é que minha mãe é muito especial, é guerreira, é gentil e sempre coloca a família em primeiro plano, sem perder a sua leveza e os cuidados com seu corpo e mente.
 
E assim, ela criou 5 filhos e hoje desfruta de uma vida super feliz ao lado do maridón com quem já está há quase 50 anos.
 
Se ela é meu exemplo? Sempre.
 
 
E sua mãe? O que ela te ensinou que te marcou?


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. Me ajude a ser melhor!

Semana 01 de 2018 - Insegurança

E chegamos finalmente em 2018. Meu réveillon foi muito bom. Tive uma crise interna quando cheguei na festa, meio que me achei feia (sim, é ...