sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Divagando sobre o TOC

Eu sei que você meu querido leitor e minha querida leitora, ao lerem o texto anterior, se perguntaram por quê cargas d´agua eu postei algo sobre TOC. 
Porque de duas uma: ou eu sou maluca ou tenho TOC. E da onde eu tirei isso?. Da minha mania enlouquecida de limpar a casa e de mudar os móveis da casa. Desde quarta passada, eu mudei a casa 3 vezes. E eu limpo o banheiro todos os dias e a cada lavada de louça eu passo pano no chão e sim, eu não saio de casa sem passar a vassoura e tirar o pó. Imaginem a cena: marido dormindo e eu de pijaminha com meu perflex rosinha, tirando a poeira dos móveis as  6h30 da manhã. 
Sempre fui assim. Sempre não. Desde os 11 anos. Quando morava em Moscou eu mudava o quarto, enquanto meus pais dormiam, sem fazer um barulhinho mínimo. Aí quando mamãe levantava, ela se assustava né?. Imagina a cama andando pelo quarto... E quando voltei ao Brasil, morava em uma casa bem grande e eu a limpava todos os santos dias. As vezes ficava até as 3h00 lavando varanda e escutando o barulhinho da máquina de lavar. Quando fui morar com uma amiga em 2008, ela saía para a casa do namorado e quando voltava, lá estava a casa brilhando e eu ainda tinha o disparate de arrumar o quarto dela, inclusive o guarda-roupa.. E agora casada, a situação está um pouco bizarra e eu acabo ficando sem graça né?.
Passei muito tempo ouvindo que eu era meio maluca, ou que eu não encontraria ninguém, porque eu já deixei de sair aos fins de semana, porque precisava faxinar, ou só saia de casa depois de limpar tudo. E eu sei que isso afasta as pessoas né?.
E o que fazer quando você percebe que está perdendo o controle da situação de novo?. Ainda não sei, mas acho que está na hora. Eu já perdi uns 4 kilos nos últimos 15 dias, porque além de estar tomando um remédio para o estômago que me tira o apetite, eu não paro para comer algo, enquanto me debruço pelo chão da casa e aí quando vi, já está na hora de mimir.
Enfim. Eu não postei o texto anterior por acaso né?. Precisava dividir isso e procurar dentro de mim essa vontade de mudar né?. Porque ninguém merece morar em uma casa sem o mínimo de imperfeições. A vida é muito maior do que baldes e afins. Eu acho!
Beijos e beijos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. Me ajude a ser melhor!

Casamento Jeff e Carol - 21/04/2018

Se eu soubesse que 2018 seria tão emocionante e feliz, eu teria reclamado menos do pé na bunda que levei depois do Carnaval.  Pois é. Ass...