quinta-feira, 14 de julho de 2011

Casar é bom

Ontem em uma conversa com uma amiga que está bem longe daqui, ela falou que eu pareço muito mudada e bem, parece que para melhor. E não é a primeira pessoa que me diz isso. Algumas dizem que eu me afastei, que eu me fechei, que eu estou estranha.
O fato é que sim. Eu mudei. E sinto que essa mudança era super necessária. Até conhecer noivorido, tudo era diferente mesmo. Eu morava sozinha, podia sair para onde eu queria, com quem queria e fazer o que me desse na telha. Sorte, que mesmo em minhas aventuras, eu tentava me comportar de forma coerente. Nem sempre eu conseguia. Ano passado, entrei em uma fase sabática. Me afastei de várias pessoas e dispensei a companhia de muitas outras. Acho que era uma fase de purificação. Eu precisava de certo modo focar. Eu queria um namoro sério e eu aprendi que só se eu focasse nisso, que eu conseguiria.
Aí resolvemos morar juntos e claro, não dava mais paracontinuar sendo inconsequente. Morar juntos é algo sério. Casar então!.
E hoje, faltando pouco menos de um mês para oficializar este sonho, eu tenho absoluta certeza de que mudar foi inevitável e está sendo algo bom. Me sinto muito mais responsável, me sinto muito mais segura e a paixão, o amor fazem com que nossa reflexão sobre a vida mude um pouco de rumo. 
Não deixei de ser alegre, sorridente, de fazer  minhas coisas, de conversar com meus amigos pré-selecionados para estar junto comigo nesta fase. Não deixei de sonhar, de almejar um futuro melhor. Não esqueci minhas obrigações, cumpro meus deveres sociais, familiares e cívicos. Continuo a mesma, sim, em versão melhorada e casada. A mudança é muito mais para mim. Me sinto uma esposa e é esse o objetivo. Não dá para colocar uma aliança no dedo e seguir  com um comportamento de adolescente e solteira. 
E digo: casar é bom demais. Não me arrependo e nem me lembro dos conselhos que recebi para nunca me casar. Eu até não imaginava isso, mas agora que aconteceu e que Deus me colocou neste novo caminho, sou de tudo grata. Sou uma pessoa muito mais feliz. 
Beijos e beijos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. Me ajude a ser melhor!

Quando é preciso acreditar em si

Há um ano eu conheceria uma pessoa que mudaria para sempre a relação que eu tenho comigo mesma. E que me fez entender o que é atravessar um...