segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Balelas bem pensadas

No espaço de tempo que vai do momento em que acordo, até o momento em que durmo, não paro. Nem por um segundo. É um tal de sentar e levantar. Boçejar, atender telefonemas, digitar e-mail, conversar com o chefe e com a faxineira. Ler e-mails, subir e descer no elevador. Comer, esperar a hora do almoço para trabalhar tudo de novo. Contas que pago, contas que planejo. Surpresas, frases, textos e memorandos. Compro um sapato, faço as unhas, corto o cabelo, ando de ônibus, metrô, a pé. Dou aula, um dia de russo, dois dias de inglês...
E nesse curto espaço de tempo que dura um dia eu planejo com antecipação o que amanhã, em mais 24 horas poderão fazer de minha vida, alegria, alegria.
Não sei exatamente o que estou querendo dizer. Talvez, estou aqui, listando o que me motiva, o que faz de meu dia o meu verdadeiro motivo de continuidade de sonhos e planos e desejos mais intensos.
Só sei que tentar fazer de uma noite e um dia a melhor noite e o melhor dia, é uma atitude que deve ser tomada com toda imensa e verdadeira vontade.

Balelas ou não, apenas escrevo o que manda meu coração.
Ok, é ridícula a piadinha mas sei lá, estou assim assim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. Me ajude a ser melhor!

10 anos. A pausa.

sexta-feira, 13 de abril de 2007 Novo blog...............aff Sério..........essas formalidades da informática me irritam. havia...