sábado, 3 de julho de 2010

Contra a morte, mas a favor da Pena de Morte

O que leva uma pessoa aparentemente normal, resolver tirar a vida de outra?. Sabe, eu me pergunto isso todos os dias e me perco em algum momento. Não compreendo nem quando especialistas tentam dar palpites psicológicos à situação.A semana toda o assunto, além de Copa, era o desaparecimento da ex-amante do goleiro Bruno. Confesso que me choquei mais uma vez. Li um socialista dizendo certa vez, que se a sociedade ainda consegue ficar chocada com temas como aborto e assassinato, é sinal de que a sociedade não perdeu a esperança. Quando chegamos ao nível de achar tudo normal, aí o caso é realmente grave.
E eu ainda fico muito chocada e faço questão de ler. Sim, porque quero manter minha mente viva e quero aprender a não desrespeitar os mortos. Porque eu não respeito e não aceito, que ninguém tire a vida do outro, por mais motivos que existam. Por isso nunca quis fazer Direito, muito menos me tornar advogada de defesa. Eu vomitaria a cada vez que tivesse que mentir, ou criar uma história mirabolante para tentar livrar um cliente assassino, pedófilo, ladrão, estuprador...Seria muito contra meus mínimos príncipios e meus maiores valores éticos.
Sempre que vou me deitar, peço proteção à todos que conheço e aos que eu não conheço. Peço proteção pela vida digna de cada um. Que ninguém se ache no direito de interromper a vida do outro, ainda mais por motivos tão banais. Porque eu não quero ter que presenciar ou ouvir explicações escrotas de pessoas sem noção, sem escrúpulos e sem alma. Para mim, sacar uma arma, afogar, queimar, estuprar, violentar, jogar no rio, sei lá quantas coisas podem ser feitas, não são maneiras de tentar resolver o que incomoda. Sim, eu tenho nojo de bandido. Para mim, a Pena de Morte é pouco. Serei sempre à favor, lutarei sempre que preciso para que quem tire a vida do outro, possa de preferência também, desaparecer do mundo. É estranho, ser contra a morte alheia e querer a morte dos bandidos, mas não vejo outra solução. Cadeia?. Para mim, não resolve nada, eles ficam ali, gastando nosso dinheiro e planejando novas mortes, porque eu sei, que poucos bandidos realmente se rejeneram.
Posso estar errada?. Sim, talves seja muita falta de senso, mas é isso que eu penso. Acho que só Deus perdoa nessas horas. Então, é com Ele.
--

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. Me ajude a ser melhor!

10 anos. A pausa.

sexta-feira, 13 de abril de 2007 Novo blog...............aff Sério..........essas formalidades da informática me irritam. havia...