domingo, 7 de fevereiro de 2010

A chuva e o meu medo!

São Paulo, chove mesmo!
Eu via pela televisão e sentia muito medo. Mas sábado, esperando o show começar, eu tive certeza de que morar aqui é uma verdadeira aventura.
Eram umas 5 da tarde e o dia tinha sido perfeito. Sol, céu sem nenhum nuvem, tudo maravilhoso. As 15, enquanto esperava o bus, eu ouvi que era comum que em mais ou menos 2 horas caisse um temporal.
Cheguei ao Estádio, peguei meu ingresso e sentei na arquibancada.
17h15. Chuva. Coloquei a capa, que meu amigo me emprestou, que é da Amozônia Peruana. Mochila devidamente encaixada embaixo da capa e chuva. Muita água, raios, trovões e muito medo. Frio, vento.
Decidimos que era hora de sair e ficamos mais de uma hora, embaixo de uma marquise, esperando a água cessar.
E confesso, que me tremi toda. Chorei e rezei.
Agora, passando por isso, percebo que o que a televisão mostra, não é nem metade do que realmente é.
Conversando com umas pessoas daqui, elas demosntram muita insatisfação, medo e revolta.
E pelo visto, a chuva não dará muita trégua.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. Me ajude a ser melhor!

10 anos. A pausa.

sexta-feira, 13 de abril de 2007 Novo blog...............aff Sério..........essas formalidades da informática me irritam. havia...