sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

Na hora do almoço estavamos comentando sobre o comportamento da Elenita.
Alguns acham que ela está metida, outros que ela é esnobe.
Por um lado, concordo. Mas para quem a conhece, sabe que tudo aquilo ali é insegurança.
Não deve ser fácil estar entre pessoas tão diferentes de nós, ainda mais no nível intelectual que ela tem.
O fato, é que independente de tudo que comentem, estou sempre torcendo por ela.

Entramos depois no assunto de pessoas inteligentes e no tanto que é bom conviver com pessoas completas. Mas acho que o ser inteligente não deve ser esnobe. Eu deixei de andar com pessoas esnobes e inteligente, muito mais pelo primeiro item. Gosto de ter ao meu lado pessoas humanas, mas que tenham vivência, que me transmitam segurança. Detesto me sentir retardada.
Eu não me considero inteligente. Me considero uma pessoa que busca melhorar o intelecto e acompanhar um pouco da evolução que rola. Claro, que nem sempre dá certo, mas me esforço muito: leio bastante, vejo telejornais, procurto me informar sobre tudo. Tenho certeza de que homem não gosta de mulher que só fale de unhas e sapatos, então, tento ser agrádavel. Não é assim tão fácil, mas não desisto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. Me ajude a ser melhor!

10 anos. A pausa.

sexta-feira, 13 de abril de 2007 Novo blog...............aff Sério..........essas formalidades da informática me irritam. havia...