sexta-feira, 17 de março de 2017

Amor & Sexo - o programa que faz refletir

Ontem assisti Amor & Sexo e chorei. Ando bem sensível e cansada de algumas coisas. E para tornar tudo um pouco mais dramático, era aniversário do meu ex-marido e o programa terminou com a música que era do nosso casamento: Oração - Banda Mais Bonita da Cidade. 
Mas Karla: você ainda ama seu ex-marido? E a resposta é simples: não. Não o amo como amei enquanto estivemos juntos, mas sinto que se eu tivesse uma chance de voltar no passado eu teria feito tudo diferente.
Eu sou ansiosa, nada romântica e é justamente aí que eu erro muito. Porque eu tento modificar o outro e foi aí que eu errei não somente com meu ex-marido. Com meu ex-namorado eu achei que tinha mudado, afinal depois de 2 anos e meio sem namorar, ah eu mudei né? Nada.
Continuo mandona, fazendo planilhas, sonhando com o que o outro pode ser. Relaxo muito pouco e exijo de mim e do meu relacionamento o tempo inteiro. Exijo felicidade diária e esqueço que a realidade da vida é puxada e tem que ter muita vontade de dar certo para não desesperar e desistir.
Eu desisto muito fácil. Não tenho muita paciência e fico o tempo todo com medo do que pensam de mim. E é por isso que ultimamente não tenho conseguido sair do casulo. E eu ainda acredito, embora não sendo tão romântica, que é importante que para um relacionamento começar tem que ter o mínimo de atração e borboletas na barriga. E não, eu não tenho sentido nada disso por nenhum dos rapazes que ficam me dizendo que querem me conhecer e tudo mais. Um diz que eu não quero ser feliz. Mas gente, o que adianta em uma relação um ser feliz e o outro não? E não sou tão retardada para não querer ser feliz né?  E eu apesar de grossa, tenho tentado explicar mas sem ofender, obviamente: olha eu gosto de você, mas não quero nada contigo que não seja amizade. 
E vou seguindo né? Sozinha, não tão feliz, porque em tempos de crise pessoal e profissional é preciso ser muito teletubbie para sair dizendo que está tudo 100 %. Mas estou confiante de que eu logo terei um pouco de sossego em meu coração e quando eu menos esperar Deus irá colocar em meu caminho uma pessoa bacana, divertida, animada, confiante, que goste de dançar, tomar uma cerveja e viajar. Alguém que não me prenda, que tenha valores e objetivos. Que seja leve e que assim, apenas queira ser feliz comigo, sem pressão, amarras e aliança. E sendo bem grosseira: que não queira apenas me comer (desculpem o palavreado). 

E o ano de 2017 segue! Já já inclusive é meu niver né? Estou animada (sqn).

Beijos de luz. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. Me ajude a ser melhor!

10 anos. A pausa.

sexta-feira, 13 de abril de 2007 Novo blog...............aff Sério..........essas formalidades da informática me irritam. havia...