quarta-feira, 28 de outubro de 2015

Há 10 anos.

Mais ou menos nesta data, não sei precisar se foi 28 ou 29 de outubro, comecei em meu segundo estágio. Mas para mim, este estágio foi o início do que eu chamo atualmente de vida. Ali, mesmo tendo sido os meus piores 4 meses profissionais, eu percebi que tinha sim nascido para ser Secretária e que apesar do meu chefe na época me dizer que eu deveria mudar de profissão, eu persisti e sou muito feliz na minha profissão, que me escolheu e me acolheu.
Não foram os 10 anos mais legais de minha vida, devo confessar. Apesar de ser apaixonada pela profissão, por diversos momentos eu acreditei no que me diziam de negativo. Em meus últimos 3 meses aliás, em meu novo emprego, que não é mais tão novo assim, eu duvidei diversas vezes de mim e da minha escolha profissional. Chorei algumas vezes lembrando do chefe que comentei no começo do texto. Ele afirmou tão categoricamente que além de tudo eu era burra, que por várias vezes pensei que ele tivesse razão.
Mas olha que coisa! Em 10 anos eu acumulei tanto amor, vindo de pessoas variadas, que sempre me incentivaram, me empurraram para frente: professores, colegas de sala, colegas de outros cursos, chefes, colegas de trabalho e pasmem: inimigos. Sim, porque eu preciso transformar tudo de ruim que me desejam em ponte para alcançar o outro lado do rio.
Eu espero que Deus me dê muita saúde, humildade em meu coração, muito amor, para que eu possa ser feliz profissionalmente, para que eu continue com essa vontade de ajudar, de crescer, de melhorar. E principalmente eu peço a Deus por todas as pessoas que sempre me amaram e confiaram a mim suas orações e amizade. 
E para finalizar, que venham mais 10 anos, mais 20...  Estou muito feliz por ter alcançado este marco e estou de fato, cada dia mais apaixonada pelo que eu chamo de vida.

Beijos e beijos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. Me ajude a ser melhor!

10 anos. A pausa.

sexta-feira, 13 de abril de 2007 Novo blog...............aff Sério..........essas formalidades da informática me irritam. havia...