sexta-feira, 23 de maio de 2014

Acreditando no amor. Sempre.

Acabei de chegar da comemoração pelos 3 anos de casamento de uma casal que eu e o ex apadrinhamos.
E eu me senti tão feliz por eles. E fiz uma prece interna para que esses anos se multipliquem com toda a logística normal em um relacionamento e a superação de tudo o que for necessário para o aumento do amor, do respeito e da admiração. Somos também padrinhos da filhinha deles, o que me faz ter muito mais orgulho ainda.
Dia desse me perguntaram se eu não achava irônico ajudar a realizar casamentos sendo que eu vi o meu ruir e se isso não me amargurava. E eu respondi que muito pelo contrário. Não acho irônico porque eu já trabalhava com isso de certo modo antes de casar e cada casamento que eu vejo acontecer aumenta minha fé no amor. E sinto uma vontade enorme de ser feliz, muito mais feliz.
O que eu aprendi nestes últimos dias, que separação não é o fim do mundo. É uma dor que não cura, porque é o fim de sonhos, mas é preciso acreditar. O amor está aí para ser vivido, se for para uma vida inteira, meu Deus! que maravilha!, mas é preciso ter maturidade para evoluir quando esse amor se transforma. 
E espero poder ver um monte de casais super felizes, se casando, tendo filhos, acreditando, começando, recomeçando... A vida segue todos os dias. 
E voltando ao meu casal do dia, desejo que eles se amem. Se respeitem. Se admirem. Se apaixonem. Se dediquem. Se transformem. Juntos. E que nunca desistam de si. Assim, encontrarão um ao lado do outro uma razão para jamais desistir um do outro.

Beijos. 
Bom fim de semana.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. Me ajude a ser melhor!

10 anos. A pausa.

sexta-feira, 13 de abril de 2007 Novo blog...............aff Sério..........essas formalidades da informática me irritam. havia...