sábado, 15 de dezembro de 2012

Gripar ou não gripar?

Essa semana não teve jeito: gripei e gripei de com força. Coisa chata isso né? Ainda mais em vésperas de fim do mundo. Imagina: o mundo acaba e eu lá gripada! Tenso demais.
O fato é que gripar é algo muito comum nesta época do ano, ainda mais em Brasília, cidade completamente sem senso climático. Faz calor. Faz sol e em 5 minutos o mundo está desabando em água. E daí você usa casaco, tira o casaco, abre guarda chuva na mesma velocidade em que descasca batata. Fora o ar condicionado em 99% dos ambientes e o choque térmico que acontece quando você sai deles.
E daí, as dicas do dia são justamente para ou evitar a tal gripe ou passar por ela com dignidade.
O que é?
A gripe é causada pelo vírus influenza. Seus sintomas geralmente aparecem de forma repentina, com febre, vermelhidão no rosto, dores no corpo e cansaço. Entre o segundo e o quarto dia, os sintomas do corpo tendem a diminuir enquanto os sintomas respiratórios aumentam, aparecendo com frequência uma tosse seca.
Como no resfriado, a presença de secreções nasais e espirros na gripe é comum.
A gripe normalmente tem início abrupto e provoca febre alta (mais de 38 °C), dores de cabeça e no corpo, mal estar e fraqueza. Outros sintomas possíveis são tosse, inicialmente seca, dor de garganta e coriza.
A gripe não complicada costuma melhorar em até 5 dias contados a partir do início dos sintomas, mas, em alguns casos, o quadro pode estender-se por mais de uma semana. A recuperação é rápida. No entanto, algumas pessoas demoram semanas para se recuperar da “fraqueza” que sentem.
Em pessoas vulneráveis, a gripe pode ser mais perigosa e é chamada de gripe complicada. Isso acontece quando ocorre: a) pneumonia causada diretamente pelo vírus influenza (pneumonia viral); b) pneumonia bacteriana (quando bactérias se aproveitam da fragilidade do organismo e infectam os pulmões); c) acometimento dos músculos (miosite) ou do sistema nervoso (encefalite ou polirradiculoneurite, por exemplo).
E o resfriado, o que é?
                              
Já o resfriado é causado, na maioria das vezes, por rinovírus. Seus primeiros sinais costumam ser coceira no nariz ou irritação na garganta, os quais são seguidos após algumas horas por espirros e secreções nasais. A congestão nasal também é comum nos resfriados, porém, ao contrário da gripe, a maioria dos adultos e crianças não apresenta febre ou apenas febre baixa.
Os especialistas indicam que tomemos a vacina contra a gripe. Ok, façam isso. E tenham cuidados de higiene básicos.
Mas quando estiverem gripados, o tratamento é repouso, beber muito líquido (água), evitar locais fechados e aglomerados, lavar as mãos logo após tossir ou espirrar e praticar exercícios físicos de baixo impacto. Se os sintommas persistirem, não deixe de procurar o médico. Pois de uma simples gripe, muitas outras doenças podem surgir.
Espero que você não gripe, mas se gripar, atente-se. Se não melhorar, procure um médico.
Beijos e beijos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. Me ajude a ser melhor!

Semana 01 de 2018 - Insegurança

E chegamos finalmente em 2018. Meu réveillon foi muito bom. Tive uma crise interna quando cheguei na festa, meio que me achei feia (sim, é ...