Bebendo e não tendo ressaca. Ou sobrevivendo à ela!

Fim de ano certamente é o momento de nossas vidas em que mais queremos nos divertir não é mesmo? E beber sem pensar muito no amanhã. Para quem viaja e tem vários dias de praia, sol e biritas, vejo que é importante ter alguma metodologia ou algum milagre para aguentar tamanha disposição na ingestão de liquidos que passarinho não bebe.
Para quem ama um prosseco, uma cerveja ou seja lá qual for a bebidinha, seguem dicas preciosas para evitar ou curar a mardita ressaquinha...
Sim. Ressaca não é nada bom.
1) Antes de sair bebendo esteja descansado (a).
 Alimente-se bem antes de sair bebericando destilados. Literalmente forre o estomago. Beber engov ajuda? Dizem que sim, mas depois de beber todas. Eu nunca fiz o teste.
2) O fígado deve estar em perfeito estado de funcionamento, pois é ele quem faz a eliminação do álcool. Para que essa função possa ser realizada de forma eficaz é preciso preparar o fígado. São as enzimas que desempenham um papel fundamental na manutenção do fígado. E para que elas estejam disponíveis, é preciso ingerir vitaminas e minerais essenciais como selênio, zinco, magnésio. Eles estão presentes numa alimentação rica e variada, com frutas e verduras, cereais integrais (pão, arroz, aveia), feijões, sementes e peixes. Além disso, gorduras monoinsaturadas encontradas, por exemplo, no azeite de oliva extra virgem ou nas castanhas e nozes, auxiliam na produção de enzimas. Essas gorduras desempenham um papel protetor do fígado, causando menos desgaste ao órgão quando ele tiver que fazer o metabolismo do álcool. Sem esquecer as proteínas, provenientes das carnes magras, que fornecem aminoácidos importantes para o funcionamento do fígado.
Fonte: nutricionista Maribel Melos
3) Durante a farra procure ingerir água em intervalos significantes, evitando principalmente o acúmulo de toxinas que causam a ressaca temida.
4) Observe se você está bebendo muito ao mesmo tempo. Então, beba devagar, com calma, saboreando.
5) Ao primeiro sinal de embriaguez, diminua o ritmo e continue bebendo água.
6) Daí se você já está bebum é hora de pensar em uma maneira básica de curar a ressaca e partir para outra né?
Para isso, é preciso programar uma desintoxicação. Durante a bebedeira, o aparelho digestivo teve muito trabalho extra. O estômago precisou fabricar mais suco gástrico; o fígado mais bile, além de ter que neutralizar as toxinas presentes pelo álcool. O intestino necessitou produzir mais suco entérico e ainda ficou com o trânsito mais lento.
  • Antes de começar a desintoxicação, vá até uma feirinha mais próxima. É lá que você encontrará os remédios naturais: verduras, frutas e legumes. Além de mais fácil digestão, os vegetais vão prover o organismo de vitaminas que auxiliarão no funcionamento dos rins e do fígado, os principais órgãos responsáveis pela desintoxicação. Inclua, também, muito líquido: água de coco (contém potássio) e sucos de frutas frescas.
  • A água é importante nesse processo. Ela repõe os líquidos perdidos e auxilia na remoção das toxinas acumuladas. As fibras solúveis, como o farelo de aveia ou trigo, arroz integral ou pão integral.
  • Evite carne vermelha (para não sobrecarregar fígado), queijos, molhos e frituras. Elimine ainda os alimentos industrializados, embutidos e enlatados, como salsichas, presunto, biscoitos, entre outros.
  • Fonte: nutricionista Maribel Melos

    Não estou sugerindo aqui que você deva sair por aí tomando porres homéricos e nem estou sugerindo aqui soluções milagrosas. O que é importante ressaltar é que é possível ser um ser que bebe, mas que continua em plena atividade normal e pode acordar no outro dia sem pagar tanto mico ou se sentindo a última bolacha do pacote. Eu já passei por isso algumas vezes e sei como é ruim. Se eu tivesse tomado alguns cuidados, provavelmente não teria passado por situações super contrangedoras.
    Ressalto que se não é a sua praia, não beba. Evite estragar seu corpo e sua alma com algo que não lhe faz bem. Tomar um porre uma vez ou outra é até normal, mas tenha muito cuidado. E para terminar: se beber, não dirija e nem coloque a vida de outras pessoas em risco. Beba em casa. E vá dormir.
    Bom reveillon e até o próximo ano com mais dicas de saúde, beleza e vida feliz e saudável!



    Comentários

    Postagens mais visitadas deste blog

    Quarto de bebê! (meninos)

    Dica de beleza e saúde: Lactaid - Fast Act - O santo remédio

    Decorando uma festa masculina