segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Frase e reflexão da semana

 
 
"Não há fatos eternos, como não há verdades absolutas".
 
 
Nietzsche
 
 
Minha angústia aumenta, meu medo de mim, de meus sonhos, de minhas atitudes.
Suspiro, tentando encontrar um ar mais puro, que não me deixe mais atordoada.
Eu deveria ser quem afinal? Quem estará comigo se eu for o que eu não sei? Quem poderá me defender de meus instintos e de minhas alucinações viceráis?
Trilho um caminho, muitas vezes suspensa em uma corda tão bamba, que me vejo navegando sobre o infinito do que não existe.
E penso que não sei se quero seguir, se olho para trás ou se apenas deixo. O deixo. O intimo do meu ser me diz que nada vale a pena, mas ainda posso recuperar àquela curva cheia de esperança.
 
Kukla

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. Me ajude a ser melhor!

10 anos. A pausa.

sexta-feira, 13 de abril de 2007 Novo blog...............aff Sério..........essas formalidades da informática me irritam. havia...