sexta-feira, 8 de junho de 2012

Sandra de Sá - Solidão

Falei dos 25 anos da minha adoção e agora vou representá-la em música.
Esta era a canção que eu cantava sempre. Cantei por muito tempo aliás. Mamãe conta que era a coisa mais fofa do mundo eu cantando, com a minha voz de 3 anos. Asvezes eu chorava. E ainda choro.
Ela representa para mim o começo de uma nova era. E para sempre vou me lembrar dos começo disso tudo.
Ali naquele apartamento da Asa Norte, a vida me deu a oportunidade de ser feliz e amada.








Adeus solidão.

Uma sexta cheia de amor!

Beijos e beijos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. Me ajude a ser melhor!

Quando é preciso acreditar em si

Há um ano eu conheceria uma pessoa que mudaria para sempre a relação que eu tenho comigo mesma. E que me fez entender o que é atravessar um...