quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Reflexões sobre 1 ano de namoro

 Eu e meu amor assistindo ao filme "Cilada.com" no dia 09/08/2011 - 1 ano de namoro
Eu sei que quem acompanha o blog deve ter estranhado que eu fazendo um ano de namoro tenha postado uma foto de uma vela feito um pequeno comentário sobre isso né?.

Mas eu esperei o momento certo para escrever. Primeiro porque eu sempre tento postar no blog antes de ir trabalhar, mas desta vez eu não conseguia pensar em nada profundo.

Aí enquanto trabalhava eu lia blog de cerimonialistas e seus milhares de casamentos. Eu amo ler sobre isso e não duvido muito que um dia trabalhe com casamentos.

E enquanto via fotos de várias cerimônias e festa lindíssimas eu refletia:"poxa eu não terei uma festança dessas em meu casamento".

Ainda.

E não estou triste por isso não sabe?. Estou muito feliz. Vou me casar sim. Vou dizer diante da lei dos homens que eu tenho um grande amor e quero vivê-lo dentro das regras matrimonias socio-afetivas. E mais do que isso, quero vivê-lo intensamente.

Aprendi neste um ano de namoro, que a partir do dia em que nos unirmos, seremos eu e ele. Ele e eu. E eu não fico nada assustada com isso. Não seremos um casal egoísta, ao ponto de vivermos isolados, não é isso, mas é que agora antes da reflexão atingir pontos externos, ela deve atingir o nosso ponto interno como casal. O que é melhor para nós?. O que nós devemos fazer?. Vamos sair ou adormecer vendo NCIS?. Vamos viver nossa vida?. Sim, a nossa vida. Como namorados, como casal apaixonado, como casal que discute. Como um casal comum, com planos em comum, com tudo ou quase tudo em comum. E são nesses detalhes e nas diferenças básicas, que vamos ser nós dois. E nosso mundo, com as bençãos de Deus. E com a benção de nossas famílias e de nossos amigos.

Um ano de namoro me fez crescer muito. Ok, não de tamanho é bem óbvio. Mas tenho me sentido muito mais segura de minhas decisões. Ainda tenho algumas raízes fincadas em pensamentos muito pessoais. Eu tenho ainda uma visão limitada de certas coisas, mas noivorido é persistente. Ele não quer que eu mude, diz até que admira esse meu lado preocupada com tudo e com todos, mas ele me diz que antes de pensar em tudo e em todos eu tenho que pensar em mim, depois em mim e aí quando eu me sentir bem, penso nele e depois nele e no resto do mundo inteiro. Não é fácil, administrar tudo o que se passa por minha mente. Minhas inquietações eternas ainda me consomem, mas bem, se eu até qui cheguei firme e feliz, é sinal de que Deus está fazendo o que é certo e tem me dado muita força, muito amor, muitos caminhos novos e cheio de novidades.

Me sinto feliz. Com um homem maravilhoso, com pensamentos positivos e até um pouco mais gordinha. Isso para mim é absolutamente a vida que eu pedi a Deus. E sempre será.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. Me ajude a ser melhor!

10 anos. A pausa.

sexta-feira, 13 de abril de 2007 Novo blog...............aff Sério..........essas formalidades da informática me irritam. havia...