sábado, 9 de abril de 2011

As celulites de nossas vidas

Léo Jaime disse que não liga para celulites. Meu noivorido disse que também não.
Eu particularmente também não ligo. Acho que sou bonita com o que tenho, e olha que tenho muita celulite, estrias e varizes. Ok, parece até que sou um montro né?. Não , não sou. Tudo que possuo de estranho é consequência de uma vida sedentária e ao mesmo tempo de muito trabalho. Já fui vendedora e passar 12 horas em pé, vendendo e comendo fast food, porque eu precisava bater as metas, me deixaram com alguns defeitinhos básicos.
Mas eu não critico nenhuma mulher que tenha isso ou àquilo. Acho que o mais importante é ser uma mulher verdadeira, honesta, digna, trabalhadora e feliz com seu corpo. Mesmo um dia tendo sofrido de anorexia, e explico que a minha doença não teve nada a ver com o físico, eu aprendi que beleza não é absolutamente nada em comparação com a nossa história de vida intelectual. Aprendi à base de muita terapia que o mais importante é ser bem relacionada com o interior e o exterior, ter bons amigos, um grande amor, um trabalho que traga felicidade e uma vida cheia de esperança.
Acredito que eu ou qualquer outra mulher do planeta que tenha celulite, tem que se cuidar, claro, saúde é importantíssimo, mas não deve se encanar com isso. Praticar esporte, fazer o que gosta, rir muito, beber uma taça de vinho, ver um bom filme, ler um bom livro, cuidar das plantas ou dos gatos, beijar, dançar...temos infinitas possibilidades de sermos felizes, não importando com as linhas da vida que insistem em marcar nossos corpitchos maravilhas divinas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. Me ajude a ser melhor!

10 anos. A pausa.

sexta-feira, 13 de abril de 2007 Novo blog...............aff Sério..........essas formalidades da informática me irritam. havia...