quarta-feira, 30 de junho de 2010


Ontem foi aniversário de um de meus 4 irmãos.

Ele estava todo feliz.

E eu me lembrei dos anos passados em Moscou longe da família. Quando era aniversário de alguém, mamãe ficava ainda mais triste. E eu acompanhava. Era muito ruim vê-la pelo canto, tentando de alguma forma acreditar que aquilo tudo estava valendo a pena. Sempre ligavámos e depois ela sempre misturava alegria pelo aniversário do filho ou neto, e a tristeza por não estar presente naquele momento.

Eu sinto muita falta dos anos fora, mas quando relembro esses detalhes, penso se vale mesmo a pena, querer ser diplomata, porque sei que esta cena se repetirá.

Desejo que meu irmão se realize a cada dia, e que minha mãe possa desfrutar do carinho dos filhos, em sua diversidade, e que nós como filhos possamos agradecer por ela ter tanto amor por nós. Longe ou perto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. Me ajude a ser melhor!

Semana 01 de 2018 - Insegurança

E chegamos finalmente em 2018. Meu réveillon foi muito bom. Tive uma crise interna quando cheguei na festa, meio que me achei feia (sim, é ...