sexta-feira, 26 de março de 2010

Se acabou, acabou. Vida que segue!

Amiga chorando porque o ex namorado, está namorando de novo...
E o que ela queria?. Que ele cortasse os pulsos?. Morresse de amores por ela?. Se acabou, num acabou?.
Fiquei horas, explicando que namoro não é contrato de felicidade. Que um dia acaba mesmo, de alguma forma, ou em casamento, ou em separação. Se termina no altar, talvez seja bom, se não, oras, a vida segue.
Eu já chorei tanto por ex amores, que hoje me dou o luxo de acreditar, que se terminou, era porque não era bom, nem para mim, nem para ambos. Doi muito, a gente acha que o mundo caiu. E é saudável sofrer um pouco, quando o relacionamento chega ao fim, só não vale querer acabar com a própria vida.
Acredito que amadureci muito, com todas as complicações que já vivi, na tentativa frustrada de ser feliz com alguém. E aprendi comigo, que o que vale é a felicidade interna, sem piegas ou auto ajuda fajuta.
Ela me perguntou se eu acredito no amor. Acredito no amor de minha mãe e de meu pai. O resto para mim, é troca de interesses. Sempre damos esperando receber, e não adianta fazer discurso de bom samaritano. Mulher então, é uma coisa horrível, sempre acha que se ela ama o cara, o cara obrigatóriamente tem que amá-la. Eu não acho isso, e deve ser por este pensamento, que em abril, completo 2 anos sem um namoro gostoso.
Não me frustro. Me adaptei aos fatos, reconheço meus inumeros erros, admito que sou muito difícil, que tenho um temperamento pasado, contínuo e desgastante. Sou uma pessoa legal, mas me matéria de relacionamento, me dei a certeza de que sou feliz com minhas convicções aleatórias.
Se eu quero ter um namorado?. Quem não quer ter alguém legal, que cuide, quando estiver cansada, mau humorada. Ouvir que se é linda, gostosa e tantas outras coisas?. Mas hoje, aceito, que estou bem mais calma, mais segura e feliz, com minhas atitudes, sem ter que prestar tanta atenção na felicidade alheia. Pode parecer puro egoísmo, mas não creio que seja crime a auto felicidade.
Se aparecer uma pessoa bacana, que esteja disposta a ter uma vida à dois, tudo bem, se não, eu continuo aqui, entre minha vida e das pessoas que eu realmente quero ao meu lado.
Porque já diz aquela frase:"pior do que a solidão, é a solidão à dois".
Espero que esta minha amiga, supere a fase negra e reconheça que sua beleza e inteligência, não pode ser jogada no ralo, por conta de uma desilusão, que tantas outras vezes poderá acontecer.
A vida é muito mais bela, quando nos libertamso das convenções e de propósitos desqualificados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. Me ajude a ser melhor!

10 anos. A pausa.

sexta-feira, 13 de abril de 2007 Novo blog...............aff Sério..........essas formalidades da informática me irritam. havia...