segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

Sábado no samba foi interessante.
Apareceu por lá um rapaz tipo Serginho e suas amigas do tipo Dicesar, só que sem toda a parafernalha, apenas com cortes de cabelo de dar inveja (sim, eu quero cabelos assim como o delas).
Eis, que um rapaz vira para mim e solta que tava f*... "aquele povo enconstando nele".
Que cara pálida né?. Doido para soltar as cambitas. Daí eu me afastei dele. Preconceito, sempre me dá orticária.
E o melhor: o bruto em questão, acabou sozinho, bebum, dormindo em uma cadeira velha, sem ninguém para ajudar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. Me ajude a ser melhor!

10 anos. A pausa.

sexta-feira, 13 de abril de 2007 Novo blog...............aff Sério..........essas formalidades da informática me irritam. havia...