terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Vou dizer uma coisa, pedreiros do meu país:
Por favor, nunca em hipótese alguma, pela manhã, ou em qualquer outro momento de suas vidas mexam comigo. Nem me chamem de meu amorzinho e muito menos de ovo que faltava na marmita.
Acho a profissão de vocês muito importante, mas não suas cantadas.
Pois eu não me sinto bem com esse tipo de assédio, principalmente antes de ir trabalhar.
Obrigada!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. Me ajude a ser melhor!

Quando é preciso acreditar em si

Há um ano eu conheceria uma pessoa que mudaria para sempre a relação que eu tenho comigo mesma. E que me fez entender o que é atravessar um...